Quando a gente gosta de um professor

O curso de Direito é imensamente interessante pelo número de professores apaixonados com o ensino. De certa forma, todos acabam nos cativando. Alguns mais, outros menos, mas a maioria mais!

Eu, ex-professora que sou, admiro do fundo do coração do trabalho hercúleo que esses seres fazem em sala de aula. E não me arrependo de não matar aula e de anotar tudo que falam.

Hoje chegamos mais cedo na faculdade. Dia de prova de Direito Administrativo, entrega de trabalho de Direito Administrativo e resenha de um texto escrito pela professora. É impressionante como em dia de prova, a imagem do professor fica circundando a nossa mente. Comentamos várias vezes o quanto ela é dedicada, atenciosa e boa de serviço. Fizemos a resenha e ainda colocamos, sem medo de parecer infantil “texto da querida professora de Administrativo”.

Estávamos na biblioteca quando a notícia chegou. A professora havia se acidentado. Prova cancelada. E isso, ao contrário do que a malandragem possa dizer, foi uma notícia que nos comoveu profundamente.

Tudo que sabemos é que ela passa por uma cirurgia e que se acidentou voltando de Ouro Preto, outro lugar em que trabalha.

Estamos de plantão, torcendo e enviando todos os melhores pensamentos que podemos para que ela se recupere. Se este blog se prestasse a algo mais que mera divulgação do que eu acho de Direito, pediria que servisse para mobilizar pessoas, hoje, mais precisamente, para que todas enviem suas forças para minha professora. O nome dela é Maria Tereza Fonseca Dias, uma pessoa tão pequenininha, mas tão brilhante… uma professora muito querida!

Atualização de 08/12/2010: Alguns alunos entraram em contato comigo e disseram que a professora precisa de doadores de sangue. Liguei para o Hospital João XXIII e informaram que todas as doações são coletadas pelo Hemominas que hoje funcionou até as 18h e estava vazio. Os telefones de lá são (31) 3248-4514 ou 4500. Se você estiver com a saúde em dia e  um pouco mais de 50 Kg (abafa o caso), sugiro que faça uma visita, mesmo que não conheça a professora, pode doar em nome dela. Ou, se preferir, apenas doar, pois nunca é desperdiçado.

Atualização de 16/12/2010: a professora está bem melhor. Agora necessita de doações de sangue para o banco do Hospital LifeCenter de Belo Horizonte. As doações devem ser agendadas pelo telefone (31) 3218-1300. O horário de atendimento é de segunda à sexta, das 07:30 às 16:40 e sábados de 07:30 às 13:10.

Atualização de 25/12/2010: No início da semana visitamos a professora no hospital e ela já está bem melhor. Disse que nem sentiu dor na hora do acidente e que está se recuperando bem. Ela não reclama de nada e nos deu uma aula de adaptação com esse exemplo. Isso que é mestre!

Anúncios

6 Respostas to “Quando a gente gosta de um professor”

  1. Annie Adelinne Says:

    Puxa, Didi! Que triste! Eu também tenho muitos professores queridos, sei como é… Tomara que ela se recupere bem. Vai dar tudo certo, com fé em Deus!

  2. Didi Says:

    Obrigada, Annie! Ajude aí na torcida!

  3. Renato Soares Says:

    Sou aluno da Maria Tereza na UFOP, tive aula com ela poucas horas antes do acidente. Realmente é muito triste ver uma pessoa pela qual nutrimos grande apreço nessas condições. Estamos fazendo uma corrente de oração para que ela se recupere logo. Acho que nunca conheci uma pessoa tão ética, correta e proba como a Maria Tereza, ela é realmente “a professora”.

  4. Didi Says:

    Ei, Renato! Que bom que você sabe de quem estou falando e pensa da mesma forma. Que ela se recupere logo!

  5. Matheus Says:

    Olá, também sou aluno da Maria Tereza na UFOP, ficamos todos muito comovidos com o acidente.
    Nossa querida professora está precisando de doação de sangue, então o maior número possível de alunos dela deve ser avisado, para que tenhamos solidariedade e a ajudemos a superar esse momento tão difícil.
    Estamos todos rezando para que a Maria Tereza se recupere.

  6. Caio Says:

    Com certeza esse é um motivo extremamente válido para se pensar assim, fico impressionado em ver como esses alunos, professores e envolvidos no curso de direito, compram a idéia e vendem bem o curso. É gratificante, pois se tornam verdadeiros profissionais. Uma situação muito positiva é o fato de terem insituições que abraçam a causa de fornecer qualidade ao curso de direito e uma insituição em Brasília que sito como tal e capaz de fazer isso, é o IESB, vale a pena conferir oq podem oferecer.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: