Nova lei de estágio e um serviço externo legal

Entrou em vigor a nova lei de estágio, número 11. 788/08. Essa lei prevê coisas interessantes como férias remuneradas para estagiários que recebem bolsa-auxílio! E, como tudo que regulamenta o trabalho, a lei pode ser boa ou ruim para os trabalhadores. Isso porque, aumentando muito as exigências, o empregador pensa mil vezes antes de arrumar alguém (para trabalhar, claro!).

Então, como ser estagiário vai ficar mais legal, mas também mais difícil, resolvi passar aqui um pouco da minha pouca experiência como estagiária de Direito (tenho mais experiência como estagiária de outras áreas!) e, principalmente, como estagiária de serviço externo!

Ainda não tenho a carteirinha da OAB, então meu serviço externo já é limitado naturalmente. Mesmo assim, as histórias do meu trabalho externo dariam um livro, mas ainda estou pensando se posso publicar todas.

Seguinte: dia sim, dia não, eu tenho serviço externo. E eu adoro. Chego no escritório, abro o publicador, faço a interpretação, mando para o administrativo, eles devolvem a interpretação com as correções. Pego as pastas que têm que ser devolvidas, as peças que têm que ser protocoladas. Junto com a intepretação do publicador, junto com o dinheiro para cópias e lá vou eu!

Tive problema no início, quando eu não sabia coisas simples como “carga”. O que era fazer “carga”? Para quem está com vergonha de perguntar, fazer carga é pegar o processo no balcão! Para isso, você tem que tirar o Siscom lá em baixo antes de chegar na secretaria. Siscom? O que é Siscom? É um papelzinho, geralmente amarelo, que sai quando você digita o número do processo na maquininha. Ele informa qual a secretaria e os últimos andamentos do processo. Para o pessoal da secretaria, ajuda a localizar onde estaria aquele processo no meio do monte que eles têm.

Se você, como eu, ainda não tem carteirinha da OAB, fazer carga de processo se torna também um trabalho social. Além de levar autorização do advogado responsável, você tem que achar a procuração dele no processo e mostrar um documento que comprove que você é você. Porém, como algumas secretarias preferem só deixar a carga para quem tem a carteirinha, muitas vezes, é necessário explicar que você, não só é você, como também é uma pessoa legal, de boa família, com boas intenções etc. Mesmo assim, se não quiserem te entregar o processo, não insista muito, afinal, não queremos prejudicar ninguém. E ordens são ordens…

Outra coisa, se, ao invés de dar carga no processo (que você já sabe o que significa) você vai devolvê-lo, o ideal é esperar a secretaria dar baixa no caderno de controle ou no computador. Nada de largar o processo no balcão e ir para o outro andar. É assim que somem as coisas e desaceleram ainda mais o andamento da justiça. Você não vai querer ser responsável por isso, vai?!

Agora anote um kit para seu dia de serviço externo:

1) Roupa confortável com bolsos para guardar o dinheiro do escritório, vale-transporte etc.

2) Sapato baixo para as longas caminhadas.

3) Se tiver cabelo grande, leve gominha também.

4) Óculos de sol e filtro solar. Nem sempre a sua condução irá parar na frente do prédio.

5) Uma pastinha com muitos clips, os protocolos, a impressão dos publicadores interpretados, autorização dos advogados, procurações para juntar, substabelecimento se puder, rascunhos para anotar dados e informações, e, se possível, uma cópia dos papéis para preencher requisições de sustentação oral etc.

6) MP3 player ou algum texto para ler. Temos secretarias que demoram para atender, é bom ter com o que se ocupar ao invés de lançar mão das reclamações junto a estranhos!

7) Lembre-se sempre de fazer o Protocolo assim que chegar, para não esquecer. Entregue indicando qual é o original, qual é a cópia. E fique com a cópia na sua pastinha. Se você tiver tempo e for superlegal, vale conferir se o advogado assinou o original e se pagou as custas quando é o caso. Entregue os protocolos assim que voltar do serviço. Alguns têm que ser juntados em poucos dias. Ler art. 526 do CPC!

Lola

E mais! Geralmente encontramos uma salinha da OAB em todos os prédios para tirar xerox. Pergunte pelo mais barato sempre! Seja legal com todos, não perca a paciência se não puderem resolver seu problema imediatamente. Mantenha seu celular ligado, a espinha ereta e o coração tranqüilo!

Acho que isso pode ajudá-lo a conseguir e manter-se num estágio legal. Tomara!

Mais:

Direitos do Estagiário

TJMG agora é .jus

Corra, Lola, Corra!

Dez anos de Google!!! Parabéns!!!

Anúncios

20 Respostas to “Nova lei de estágio e um serviço externo legal”

  1. Andressa Says:

    Boas dicas Di!
    Bjos… ;)

  2. Paola Says:

    Gostei das dicas… rsrsrs

  3. Adrina Says:

    Oi, achei seu blog através da Luciana Hikawa. Você é de BH? Eu sou advogada há 5 anos, mas já passe por tudo isso. Esclarece uma coisa: o que é “intepretação do publicador” (viu, os “formados” não sabem tudo!)?
    Abraços, e parabéns pelo blog.

  4. Didi Says:

    ei, Adrina! Sou de BH sim! Interpretação do publicator (faltou colocar um R, vou corrigir lá) é quando a gente checa o que é do escritório nas publicações e escreve os próximos passos a seguir como fazer carga do processo, xerocar decisões, conferir despachos ou agendar prazos, essas coisas. Uma parte o administrativo se encarrega, a outra, o estagiário. Comecei muito devagar nisso, hoje já faço mais rapidinho!

  5. Andressa Says:

    Vcs duas estão falando grego para mim! Isso q dá não trabalhar na área… :(

  6. Pedro Says:

    Dá-lhe office-boy de luxo…

    Abraço!

  7. Bruna Says:

    Que post ótimo. Valeu pelas dicas Didi!

  8. Nayara Says:

    Quero saber se eu tenho direito a essa nova lei de estagio mesmo sendo contratada antes dela entrar em vigor!

  9. didi Says:

    Nayara, esse tem sido o questionamento nas empresas. Muita gente entende que não. Que só quem teve o contrato renovado ou foi contratado após a data da lei é que tem os direitos por ela estipulados. Isso porque entendem que a empresa não poder arcar com algo que não previa.

    Mas eu torço para que a gente tenha direito, acho que estimularia os estagiários no trabalho!

  10. Dani Toste Says:

    Oie Didi,

    Agora que eu reparei, não consigo achar os Feeds do seu blog, não tem mesmo ou sou eu que sou cega?

  11. Ludmila Thaís Andrade Says:

    Meninaaaaaaaaaaaaaaaaaa, achei seu blog no da lili prata,
    e então amei as dicas desse post, pq tb faço direito em BH, só que ainda não sou estagiária do ramo, o que me deixa muitoooooo triste….

    enfimmmmm

    AMEIIIIIIIII as dicas e quando eu estágiar no ramo já sei o que é carga….
    Imagina eu ia ficar muitooooo perdida lá no fórum, que convenhamos é um colírio para os olhos… kkkkkkk

    sorte sempre,
    lud

  12. Juliana Says:

    Olá!
    Adorei a sua matéria, quando li a sua postagem parece que estava revivendo a minha história, é um absurdo a OAB proibir carteirinha para estagiário antes do sétimo semestre. Só eu sei como eu penei para conseguir realizar certos trabalhos para o escritório que trabalhava. Mas uma coisa a minha dificuldade foi válida, a falta da carteirinha da OAB me fez aprender a me relacionar bem com as pessoas e no Judiciário isso é extremamente importante.
    Hoje trabalho como gerente administrativa de um escritório de advocacia, ainda não conclui o curso de direito, mas hoje estou trabalhando em função das minhas tardes andando para lá e para cá em fórum.
    Um grande abraço.
    Juliana Melo

  13. Sergio Eduardo de Almeida Carneiro Says:

    Oi, gostaria de saber o que é necessário para tirar a carteirinha da OAB de estagiários. Sou acadêmico terminando o 3º ano, em 2009 estarei no 4º ano e gostaria de tirar a carteirinha da OAB.

    Desde já agradeço,

    Sergio

  14. Didi Says:

    Sérgio, acho que só quem está matriculado no sétimo período pode requerer a carteirinha. Não sei se no seu estado é diferente. Na dúvida, o melhor é verificar na própria OAB. Boa sorte!

  15. gilielson Says:

    adorei as dicas!
    continue publicando mais!
    blz

  16. Iaia Says:

    Amei, me vi exatamente como vc, me sinto uma idiota quando os cartorários dizem as coisas em códigos, deveria existir um curso antes de irmos aos Fóruns kkkk

  17. daniela Says:

    Amei essas dicas, valeu

  18. daniela Says:

    Amei, essa dica, valeu

  19. danilo Says:

    nossa otimo,,estagio no protocolo de uma prefeitura e vejo isso todo dia ,,palmas para nos estagiescravos !!!!

  20. cleber de jesus lisboa Says:

    Bom dia
    Sou estudante de direito e estou cursando o 8º semestre, e possuo a carteira de estagiário da ordem, na faculdade não ensina essas coisas, o que ensina e a prática, como eu faço para fazer carga em 2 processos do qual eu sou parte, por favor me informe os passos, e detalhes ambos estão arquivados. Fui ao fórum e me disseram parar ir diretamente na empresa que está arquivado os mesmos, tenho que pagar custas e se caso sim qual seria o valor, abraços at: cleber de brasília e se alguém aqui no post quiser protocolar algum documento em brasília estou à disposição 61 8607 5243 61 96612429 estou com mensalidades em atraso e não tenho dinheiro para renovar o 8º semestre alguém pode me ajudar financeiramente por favor. site é http://www.iesb.br

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: