Dias de silêncio

Queridos leitores,

estes dias tem sido muito duros e muito estranhos. Não sei se todos sabem, mas sou mineira e vivo na França. O impacto tem sido forte e eu,  que sempre gostei de escrever, fiquei sem palavras. Aliás, 2015, francamente…

Na verdade, já ensaiei começar diversos textos, mas não consigo finalizar. Busco terminar com uma mensagem positiva e uma solução concreta pra não deprimir ninguém, mas ainda não tenho nada além de pedir para espalharem amor e conhecimento. Bom, tenho as boas notícias do Sebastião Salgado confiante na recuperação do Rio Doce e do Anonymous confiante em avacalhar tudo pros terroristas, mas é bem verdade que estamos precisando de muitas, muitas, uma chuva de boas notícias para compensar essa seca (maldito trocadilho).

Mesmo assim, não queria deixar esse blog em branco por mais um dia porque sei como é estranho quando as pessoas se abstêm de pronunciamentos sobre assuntos relevantes. Alguns minutos de silêncio são necessários. Mas depois é preciso falar. Acho que é uma hora que todo mundo deveria se abrir. Não para falar do que não sabe, mas falar do que sente, do que espera. Bastaria isso, né?!

Tenho colado alguns links na página do facebook do Direito é Legal. Quem quiser, acompanhe lá.

E por falar em facebook, tá aí mais uma coisa a ser superada. Esse patrulhamento de filtros de foto de perfil. Gente, sério. Achei que já tínhamos passado dessa idade.

Mas, enfim, deixo aqui alguns links para textos que escrevi recentemente sobre os temas que têm nos apertado o coração:

Um na quinta ( Existe amor na era do desapego) e um hoje para uma amiga que tem outro blog (A sexta-feira 13 de uma mineira que vive na França).

Também deixo um desenho bem simples que fiz. Mas foi o que deu. Queria desenhar como o Liniers (sonho alto!).

fotoRios

Semana passada foi a semana internacional da gentileza (tinha feito vídeo de um flashmob que participei, ainda não editei e agora perdi um pouco a motivação) e hoje foi o dia internacional da tolerância. Olha que coisa. Estamos exercitando isso? Deixo a reflexão.

Um abraço grande para esse mundo e para os leitores que estão sempre por aqui.

Didi

Anúncios

Tags: , , , ,

11 Respostas to “Dias de silêncio”

  1. Vinícius Sales Says:

    Sinto muito por você, Diorela. Eu nem te conheço pessoalmente, nem você a mim, claro, mas é a primeira vez que leio algo que me parece verdade nesse monte de notícia urgente. Imagino o que você suportou e me comovo de verdade, um ato quase impensável hoje (quando diariamente pequenos atos de horror são disparados sistematicamente em nossos corações fazendo a miséria parecer normal).

    Estou grato por ter seguido seu blog durante esse ano, suas opiniões são sempre sensatas e nós compartilhamos diversos pontos de vista. Até agora não me pronunciei, a não ser aqui, sobre nada disso e acho que vai ser só aqui mesmo, para não me abster por completo de um assunto importante. E só queria dizer que, apesar de talvez nunca chegarmos a nos ver, fiquei feliz em ler seu texto, saber que você está relativamente bem e que sua voz não se calou diante do caos.

    Vinícius Sales

  2. Didi Says:

    Cara, Vinícius, que mensagem positiva! Obrigada! Você escreve muito bem. Use essa força pra tudo de melhor que puder fazer, combinado?! Vamos ficar todos bem e em paz com muito trabalho. Um grande abraço

  3. Bruna Miranda Says:

    São as palavras simples e sinceras que causam maior impacto, querida. Também aliviada por ter notícias de você e mais uma vez orgulhosa por me identificar de prontidão com o que você diz. Nesses tempos de retorno e avanços sombrios sobre o que já deveria ter ficado pra trás há séculos, cada dia mais reforço mentalmente (e tentando levar isso para o máximo que puder, seja em palavras, ações e etc) de que será mesmo uma revolução e resistência vindas do espírito de comunidade. A união dos pequenos gerando uma força incalculável. E seguimos nessa esperança em meio ao caos.

  4. Luiz Ernesto de Alcântara Pinto Says:

    Parabéns pela iniciativa e Obrigado pelas informações!
    Excelente Artigo!

    Revisional em Fortaleza
    http://advogadofortalezace.com.br/services-view/revisional-em-fortaleza

  5. Rebeca Says:

    Oi Diorela, acompanho o Direito É Legal há uns 4 anos. Sempre gostei dos seus textos e da sua linha de pensamento que é bastante parecida com a minha.
    Sinto muito, sentimos muito na verdade, por tudo que tem acontecido. Viver nunca foi tão difícil… esse ano principalmente, mas são poucas as mensagens que podem colorir nosso dia.
    Não desanime, porque é muito mais fácil a gente desistir do que fazer o dia dos outros melhor.
    Fique bem. =)
    Abraços,
    Rebeca

  6. Didi Says:

    Obrigada pelo seu carinho, Rebeca. Desculpe a demora na resposta. Só vi a notificação agora. Me fez muito bem saber que não estou falando sozinha e que tem muita gente do bem lendo. Um abraço pra você

  7. Didi Says:

    Muito obrigada, Luiz Ernesto! Um abraço

  8. Didi Says:

    Bruna querida, muita obrigada! <3

  9. juliaandrade Says:

    Sensacional seu blog, acompanho desde muito tempo e é impossível não se emocionar

  10. juliaandrade Says:

    Seu blog inclusive me inspira muito todos os dias, enfim, não sei como agradecer! Muito querida por mim

  11. Didi Says:

    Ei, Juliana! Fico muito feliz de saber. De verdade. Acho adorável quando alguém usa um pouco do tempo para mandar um feedback. Que você tenha um excelente fim de ano e um ano novo feliz. Pra todos, aliás! um beijão @julianaandrade

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: