Exame da OAB constitucional?

Faz-me rir, Supremo. Quem foi que fez essa prova da OAB no STF? Quem deu uma olhadinha nas questões, na forma estranha como passaram a maioria dos candidatos da última segunda etapa quando a primeira eliminou tanta gente boa?

Quem pagou 200 reais para fazer uma prova que é corrigida à maneira deles, como eles querem e quando querem? Quem está esperando há quase dois meses para pegar a bendita carteira e não recebe previsão nenhuma pelo telefone? Quem teve que pagar mais 170 reais para emplastificar uma carteirinha que nunca sai da confecção?

Quem vive na classe mais desvalorizada do planeta, que trabalha sábado, domingo,madrugada, não tem tempo pra raciocinar, aguenta petulância de funcionário público o dia inteiro, greve de correios, portaria de emenda de feriado, voto sem fundamentação e não vê o seu “órgão” tão caro fazer nada para te ajudar?

Quem disse que isso é constitucional?

Oportuno, talvez. Constitucional, não enxergo. Justo, nunca.

Anúncios

Uma resposta to “Exame da OAB constitucional?”

  1. svenvantveer Says:

    Realmente não entendo por que tem tanta gente contra o exame de ordem. É coisa commum no mundo afora. Os EUA tem, e a Bar association corrige do jeito que quer. Na Alemanha no entanto, o exame é nacional, e, por acaso é de altissima nível pois não serve so para a pessoa ser “rechtsanwalt” mas também para ser juiz ou promotor.
    No meu pais, para um “mestre” (bacharel não pode ser advogado) ser advogado, passa por 3 anos de estágio probatório. Neste tempo terá que fazer “exame de ordem” em seis matérias, tendo somente 3 tentativas em cada exame. Se após os três anos não consegiu passar, nunca mais terá outra tentativa.

    A constituição brasileira é bastante clara: “é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;” e a lei demanda o exame de ordem.

    Não esqueca que, para ter seu CRM, o médico também passa por exame, o qual garante que pode exercer a profissão na especialidade que fez o exame. Médico que quer mudar de ramo deve fazer novo “residencia” e novo exame.

    Não vejo o exame de ordem como obstaculo, vejo como objetivo a alcancar.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: