Espero que ele não veja isso!

Sabe aquele jogo da forca que a gente faz com palavras difíceis? Uma vez, um ex-aluno venceu uma turma inteira com a palavra “uva”. Desde então, eu, a ex-professora indignada, procuro uma palavra que vá vencer o Marcelinho. Ele já conseguiu adivinhar hortifrutigranjeiro e já conseguiu adivinhar nomes de cientistas. O que me resta agora? Claro, Debentures!!!

Porque o jogo de forca só tem graça se, além de acertar a palavra, você acerta o significado dela (daí, poderia colocar até Família, Amor, Saudade e Liberdade, né?!).

Então Debentures soa perfeito! E faz a gente parecer muito mais inteligente do que verdadeiramente é (houhouhou – risada malígna).

Como o Marcelinho hoje só tem olhos para o ensino médio, posso despreocupar que ele vá ler um blog sobre Direito (ou o que entendo dele). Então vamos às Debêntures segundo o meu caderno.

Debênture (art. 52 em diante da lei 6404) é um título que simboliza uma espécie de empréstimo. É um bom investimento se você confia na empresa e é bom para a empresa também. Debêntures costumam deixar as pessoas felizes!

Podem ser usadas como novação, transação e pagamento. Acontece de serem usadas para negociação de dívidas.

A debênture é um título que pode ser de renda fixa ou variável, mas seu pagamento é certo.

Podem ser simples ou conversíveis em ações.

O debenturista é um acionista em potencial. E o acionista da Companhia tem preferência no caso de oferecimento de debêntures.

A autorização para emissão de debêtures sempre depende da Assembléia Geral.

As garantias podem variar de acordo com o risco. E são elas em ordem crescente de risco: Real, Títulos Flutuantes (variam em cima dos ativos), Debêntures Quirografárias (qualquer título executivo é um quirógrafo, ex: cheque), Subordinadas (as que não têm garantia estão excluídas da ordem de pagamento.).

Vale lembrar um princípio do mercado “Quanto maior o risco, maior a rentabilidade”. Por isso a turma vive com a corda no pescoço (!).

Falou a mulher de negócios, aquela que perde no jogo pra um menino de 12 anos…

Anúncios

7 Respostas to “Espero que ele não veja isso!”

  1. Pedro Schaffa Says:

    Essa matéria é chata pra caramba, hein?

  2. Andressa Says:

    Oi Di!
    Já tava com saudades! rs…
    Estudei essa matéria no semestre passado.
    Gostei mto, pq comecei a pelo menos saber do q falam essas matérias de economia… kkkkkk
    Bjo!

  3. Ana Paula Moreira Says:

    Eii Didi,

    adorei seu blog. Não conhecia e está muito bacana!!! Quanto à uma palavra para usar na forca… eu já ganhei várias vezes com durex… hahaha ninguém adivinha!!

    Bom conhecer um pouco mais de direito com vc!!
    Bjoo

  4. Karine Castro Says:

    Noossaa!
    Tive essa aula nessa semana!
    Esse negócio de Mercado de Ações num é uma coisa muito fácil de se entender não!
    Tem uma palavra tambem que eu sempre ouvia e nunca sabia qual era o seu siginificado!
    Amortização!
    Até que surgiu uma alma abençoada e me explicou o significado dela.
    ha ha haaa
    Serve tambám pra brincar de forca!
    Está lançada a dica!
    heuehue
    Bjão!

  5. Didi Says:

    Pessoal! Obrigada pelas dicas. Aí vai outra ideia de palavra pra forca: sexagenário.

  6. mayara Says:

    eu sou fã desse blog né, nem se discute.
    Mããas, uma palavra muuuito boa pra Forca é ÔNUS!
    Não tem a letra A que todo mundo pergunta de cara, e sempre vão se confundir com algo que não tem nada a ver.
    hahaha

    beeijão Di!

  7. Didi Says:

    Adorei! ônus rox!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: