Do direito a descomplicar

Complicação. É uma das coisas que mais me intriga nas pessoas. Essa capacidade de complicar. Complicam tudo: desde um simples café com a família até a elaboração de um relatório, da convivência com os colegas de trabalho à explicação de uma idéia. Tudo. Por isso, andei observando atitudes descomplicadas para tentar aplicá-las e assim ter uma vida mais simples que é, também, mais feliz!

Dentro da faculdade de Direito alguns professores gostam de tornar coisas complexas impossíveis. E outros, gostam de tornar coisas antes impossíveis, mais razoáveis para o entendimento dos alunos. Este também é o propósito deste blog. Mas como ainda me falta muito arroz pela frente, agradeço todas as contribuições que puderem tornar o conhecimento mais claro. Também mais certinho.

Embora ache lindo quando alguém faz uma mesóclise ou experimenta a sensação de pronunciar palavras jamais ouvidas por seus semelhantes, os conhecimentos (dentre eles, de Direito) não podem ser um complicador e sim um facilitador de relações da vida. Aham, aham!

Para iniciar o ano, elegi dois incisos do artigo 5º (famoso) da nossa Constituição Federal. São simples e claros. Como tudo deve ser. Dispensam explicações.

Art. 5º

II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.

LIV – ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal.

São direitos que todos devemos tomar nota e podem ajudar em diversas ocasiões como imposições do síndico, dos professores, do tio mais velho. A lei é simples. Sua resposta a eles também será.

A seguir, algumas anotações que guardei. Pessoas interessantes e suas frases simples interessantes. Também podem ser úteis. Vamos fazer um 2009 descomplicado. Digam-me se não será melhor!

Tente não dizer nada negativo sobre ninguém. a) por três dias b) por quarenta e cinco dias c) por três meses. Veja o que acontece com a sua vidaYoko Ono

“Para ter lábios atraentes, diga palavras doces.” Audrey Hepburn

“Se você não pode explicar simplificadamente, não entendeu bem o suficiente.” – Albert Einstein


Anúncios

4 Respostas to “Do direito a descomplicar”

  1. Karol Says:

    Adorei esse blog! Já coloquei no meu favorito (rsrsr) Muito últil. Realmente as coisas podem ser bem menos complicadas do que a gente imagina!

    bjo.

  2. Complicar o que é simples « Svencarioca’s Blog Says:

    […] sobre a dificuldade de entender textos de jusfilosofos, especialment do Jurgen Habermas e do “Direito a Descomplicar” da Didi. Estou partindo da ideia que o direito é feito por nós e para nós. Para definir […]

  3. Alysson Says:

    A meu ver não existem coisas complicadas ou coisas descomplicadas, existem sim olhares diferentes. Cada um observa as coisas de maneira diferenciadas, é o subjetivismo. Uns vêem de maneira mais aprofundada outros vêem de maneiras menos aprofundada, uns tem facilidades, outros dificuldades. O que é muito simples pra você pode ser extremamente complexo pra mim e o mesmo se verifica inversamente. Sinceramente não acho o direito uma coisa simples… ele é construído através das necessidades e subjetividades do Homem e isto para mim não é nada simples.

  4. Vanda Figueira Moraes Says:

    Pois é, essa coisa de dizer que somos complicados, sempre me intriga. O que percebo nisso é que somos universos únicos. E como tal, cada um com suas trajetórias a serem navegadas nesse espaço infinito. É só observarmos a Natureza, os Corpos Siderais e, percebemos que cada um é infinitamente particular. Nisso está a beleza! Sermos únicos. Diferentes. Mas dinâmicos. Aí nos enriquecemos como expectadores-expectantes.
    A Natureza na qual estamos inseridos, (O Planeta Terra) e os outros Corpos Siderais, que observamos – no que conseguimos fazê-lo, são criações dirigidas por uma Inteligência Suprema. Nós, os Seres Humanos, também criados por essa Inteligência Suprema, temos inteligencia e livre-arbítrio. Aí, no meu ver é onde está o X da questão. É onde a nossa trajetória vai tomando formas variadas. (…)

    6

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: