Quando tudo esbarra na educação

Fiz 10 anos de faculdade se somar o curso de Publicidade, a pós e o Curso de Direito (pausa para atualizar meu currículo!). Sim, 10 anos!

E o que eu sou agora? Apenas mais uma recém-formada, achando graça do Direito no Brasil. É, se teve uma coisa que eu aprendi em Direito é que está tudo errado. Tudo!

A começar pelo enorme poder que os juízes tem e pela falta de fundamentação legal em suas decisões. A terminar pela má-vontade de inúmeros funcionários (não todos) dos órgãos do judiciário e executivo que deixam acumular coisas relevantes, não passam informações importantes, não colaboram com essa atividade da justiça que é uma atividade em equipe.

Quando entrei no curso, a última coisa que queria ser era advogada. Hoje acho que o mundo precisa deles. Mas dos honestos! Meu professor fez um discurso em sua última prova e comentou “nunca deixem de agir com ética”. E a gente já pode ter uma idéia, dentro da sala de aula, de quem será, de fato, um profissional ético e quem irá desviar um pouco.

Tudo esbarra na educação. Não tanto na educação superior, essa que sigo há 10 anos. Mas na educação de berço, de escolinha, nos exemplos dos adultos para as crianças. Imagine um grande projeto de educação no Rio de Janeiro! E o que aquela cidade não teria de maravilhosa? Imagine todas as crianças servindo de lição aos adultos? Imagine adolescentes realmente felizes? O que falta é educação! A base.

Qualquer problema, se for ver, passa por aí. É como a ética na advocacia, no funcionalismo público, nos magistrados etc. É uma questão que deve ser tratada desde cedo.  E eu estou disposta a ajudar!

Nos meus 10 anos de faculdade, tirei uma lição muito valiosa: aprender é bom demais!

Anúncios

4 Respostas to “Quando tudo esbarra na educação”

  1. Thalita Says:

    Olá, faço 5o. período de Direito, espero que até o final do meu curso eu possa realmente voltar a acreditar em advogados/ leis/ justiça. Sofri um duro golpe nos últimos meses (lesão material no setor imobiliário) e percebo claramente que o cerne começa sim na educação, que possivelmente foi e é falha em todas as escalas sociais. Educação essa que precisa ser acompanhada de princípios morais e éticos. Já ouvi professor afirmar que estamos na faculdade para aprender a enganar as pessoas e fico desanimada só de imaginar em entrar para o mundo de uma maioria de operadores do Direito enganadores e corporativistas…
    Abraços!

  2. Didi Says:

    Thalita, sei bem o que está falando e quero ser o extremo oposto deste exemplo que você teve. Sei que você também lutará por isso. E, aos poucos, vamos mudando um pouco destino dessa profissão. Obrigada pela seu contato! Volte sempre!

  3. Erika Bahia Says:

    Oi, que delícia ler os seus posts de fim de curso. Tudo isso que você sentiu e sentiu eu sinto lá na Milton Campos. É a coisa mais dífícil que já fiz na vida. parabéns por mais esta etapa vencida, adoro ler o que você escreve. Não consegui te encontrar na foto.

    Beijos, boa sorte, sucesso,

    Érika Bahia

  4. Winder Says:

    Parabéns Didi,

    pra variar estamos vivendo o mesmo momento. Acabo de terminar o curso e to estudando MUITO pra OAB. Espero que termine tudo bem como acabou pra você.

    E vamos nós nos lançar nesse mundo jurídico!

    Bjo grande

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: